Paróquia Nossa
Senhora Aparecida

R. Parque D. Luis, 273 – São Paulo, SP | Tel: (11) 2979-9270 | E-mail: secretaria@nsaparecidajsp.com.br

› 04/08/2014

Nossa caminhada continua, apesar disso ou daquilo

holdinghands

Caríssimos irmãos e amigos, a paz para todos!

Iniciamos o mês de agosto, mês vocacional, no qual celebraremos também a semana da família (10 a 17), que deve ser um grande momento para nós. A família é célula fundamental de qualquer nação e, portanto, queremos e devemos fortalecer todos os laços familiares, inclusive deixando de lado muitas “coisas pequenas” que em muito atrapalham a convivência.

Na vida sempre há perdas e ganhos, tristezas e alegrias, dor e alívio. Não podemos ficar indiferentes a isso, mas não podemos viver em função disso, porque em Deus somos mais do que vencedores.

Entendo que, em muitos casos, a dor e o sofrimento se tornam mais intensos e mais difíceis de serem “digeridos”, porém, nossa caminhada continua apesar disso ou daquilo. É preciso lançar nosso olhar para o futuro e, na fé, esperar dias melhores.

O país acabou de sediar a copa do mundo, em que todas as atenções se voltaram para o mundo futebolístico. Infelizmente nossa seleção não conseguiu nem o terceiro lugar, decepcionando a uns, mas confirmando o pensamento de outros, isto é, para ser melhor precisa de uma grande estrutura dentro e fora de campo. E sabemos que fora de campo o Brasil ainda caminha a passos lentos, com uma política burocrática, desorganizada e muito corrupta. Acredito que isso foi um fator negativo e certamente contribuiu para o vexame que aconteceu, quando foi humilhada por uma seleção cujo país tem grande estrutura.

Mas, como já disse acima, nossa caminhada continua. Não vivemos de futebol, vivemos sim, de atitudes que possam transformar realidades sofridas, levando outros a se orgulharem de pertencerem a sua nação. Diz o Evangelho que foi colocada em nossas mãos uma medida calcada, sacudida, transbordante (Lc 6,38). A medida é o amor com que devemos amar o próximo. Amar sem medida, sem reservas. É isso que precisa fazer aqueles que assumiram a dura, mas bonita missão de pastorear.

Caro irmão e caríssima irmã, não sei por qual situação estão passando agora. Se for uma situação boa, parabéns e aproveitem para viver bem a fé. Se não é uma situação boa, eu lhes desejo força e coragem e, com a fé que vocês já devem estar testemunhando, vencerão toda e qualquer dificuldade por pior que ela seja. Lembrem-se do tema acima: A caminhada continua apesar dos “pesares”.

Um conselho para melhorar uma situação ruim: procurem alguém pra conversar, mas saibam que Deus é nosso maior e melhor amigo. Procurem-no! Ah, vocês ainda não sabem onde encontrá-Lo? Fechem a porta de seus corações e rezem em silêncio. É muito bom.

Despertemo-nos para o chamado de Deus! Sejamos bons cristãos.

Deus abençoe a todos.

Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *